Porque votamos na Dilma!

3.Para aprofundar o desenvolvimento social, com trabalho e distribuição de renda, por Lucas Linhares

Posted on: outubro 10, 2010

Nos últimos anos, o Brasil deu passos importantes para a construção de um novo tempo, capaz de promover prosperidade econômica e integração social. Após cinco séculos de uma história marcada pela dinâmica de concentração da riqueza e da renda nas mãos de poucos e em poucas regiões; pela subserviência ao FMI no campo da política econômica e pelo domínio político de elites pouco identificadas com as raízes culturais de seu povo; o atual governo federal promoveu transformações importantes. Essas transformações significaram o início de um processo de inclusão social e redistribuição de renda; de maior autonomia na gestão da política econômica; de valorização da cultura brasileira, preservação da soberania e a defesa dos interesses nacionais.

Rompendo com um período em que prevalecia a ideia de que o governo deveria reduzir sua atuação ao mínimo e que o mercado e o setor privado deveriam tomar conta da economia, o atual governo fortaleceu o Estado para que pudesse funcionar como agente coordenador dos projetos e ações necessários para elevar a qualidade de vida do povo brasileiro, sobretudo dos mais necessitados. As políticas de combate à pobreza se mostraram altamente eficazes e, aliadas às políticas econômicas estruturantes, possibilitaram a geração de mais 10 milhões de empregos com carteira assinada, disseminando pelas mais diversas regiões oportunidades de uma vida mais digna.

O governo realizou ainda importantes projetos de investimentos em infraestrutura, que levou energia elétrica, saneamento e desenvolvimento urbano para amplas parcelas da população que não tinham acesso a esses serviços tão elementares.

É notório que hoje o brasileiro comum se encontra em um patamar mais elevado de cidadania, tem maior autoestima e orgulho de si por pertencer a uma sociedade mais autônoma e na qual se sente mais integrado e representado.

Em suma, o Brasil renovou sua capacidade de atender às demandas sociais da população e devemos destacar o papel da ministra Dilma como gestora competente e pessoa pública fundamental para a condução de todos esses projetos transformadores. Dilma é símbolo dessa mudança vivida pelo Estado brasileiro. Dilma é símbolo de um novo Estado sensível às demandas sociais. Confio na Dilma como mentora de um governo que revigorou sua capacidade de ação, imprimiu dinamismo sobre a economia e hoje se mostra mais preparado para aprofundar as conquistas sociais e avançar na promoção do desenvolvimento. Por acreditar na possibilidade de construção de uma sociedade mais próspera, justa e solidária; por acreditar que Dilma representa a integração de competência técnica com sensibilidade social e espírito público, eu votarei 13 nesse segundo turno.

Lucas Linhares

Mineiro, residente no Rio de Janeiro.

29 anos

Economista, doutorando em Economia pela UFRJ.

Anúncios

4 Respostas to "3.Para aprofundar o desenvolvimento social, com trabalho e distribuição de renda, por Lucas Linhares"

Oi Lucas. Concordo plenamente, também voto em Dilma.

Olá Lucas, também voto em Dilma por entender que ela é a melhor escolha, tanto que vem sendo atacada por todos os lados pelos jornalões.

Eu nunca tive partido político.Gostei de Lula e das melhorias que o governo dele promoveu. Concordo com vc.Achei q melhorou muita coisa…..Agora sou Dilma, graças a vc Cuca.

Não tive dúvida em votar em Dilma no primeiro turno.
Acredito que é competente o suficiente para administrar nosso pais com seriedade.
Concordo com Lucas, no segundo turno, sou Dilma também.

Comentários encerrados.


  • João: Caro, Mildred. Obrigado pelo comentário. Os textos aqui publicados são baseados em nossas experiências e percepções da realidade. Para esta p
  • Mildred: Não tenho 'medo' de democracia, mas sim da HIPOCRISIA praticada pelo PT que sempre se colocou contra todos os erros e falcatruas do restante dos par
  • Leon Unger: Soi cineasta, o blog que inseri se refere ao filme atual que estou trabalhando. Mas con relação ao seu post, mesmo com os incentivos que existem pa
%d blogueiros gostam disto: